Um dia em Palermo, entre Borges e Cortázar

A minha vontade de Buenos Aires sempre foi literária. Como já disse aqui e aqui, a literatura argentina foi a minha favorita durante os anos de faculdade de letras na UFBA e ainda hoje me acompanha, embora com menos frequência. Passar um dia em Palermo é voltar a este passado, o que sempre me traz boas recordações.

Casa de Borges em Palermo, Buenos Aires

Casa de Borges em Palermo, Buenos Aires

Dedicamos este dia de viagem a Palermo Viejo como fizemos em todas as outras três vezes que fomos a Buenos Aires. Do Infinito hotel até o centrinho de Palermo Viejo não levou mais do que 30 minutos de caminhada e, com o clima ameno que fazia em Buenos Aires, foi rapidinho.

Palermo, Buenos Aires

Ruas e o encanto de Palermo, Buenos Aires

É, sem dúvidas, um  dos meus bairros favoritos .

Tem o charme antigo e meio decadente de Buenos Aires, mas também tem lojas descoladas, bistrôs, bares, feirinha, arte na rua, enfim… tudo o que eu gosto por demais! E como a cereja do bolo, tem as ruas por onde Borges passou durante a sua infância.

As ruas de Buenos Aires

já são minhas entranhas

Não as ávidas ruas, incômodas de turba e de agitação,

mas as ruas entendiadas do bairro,

quase invisíveis de tão habituais,

enternecidas de penumbra e de ocaso

e aquelas mais longínquas

privadas de árvores piedosas

onde austeras casinhas apenas se aventuram,

abrumadas por imortais distâncias,

a perder-se na profunda visão

de céu e de planura.

 

Jorge Luis Borges, Fervor de Buenos Aires, 1923.

É uma boa pedida fazer este roteirinho já próximo de meio dia, para que o primeiro ponto seja o restaurante Don Julio, um clássico de Buenos Aires.

Dom Julio, Palermo, Buenos Aires

Dom Julio, Palermo, Buenos Aires

Sim, é carne e tem muito monte de brasileiros. Mas um clássico não deve ser ignorado! Para os vegetarianos há uma boa oferta de pratos. Estivemos lá em 2010 e em 2016 pareceu ainda mais requintado.

Se a fome não for de carne, mas de compras, a uma distância que pode ser percorrida à pé está o Distrito Arcos. É um pequeno outlet, com poucas opções internacionais, mas muito agradável de se caminhar.

Distrito Arcos Outlet, Palermo, Buenos Aires-

Distrito Arcos Outlet, Palermo, Buenos Aires

A caminhada do Dom Julio até o Distrito Arcos pode ser ideal para fazer a digestão e encontrar espaço para a sobremesa ou então para provar um aperitivo na Winery, uma loja de vinhos completíssima no local.

Voltando para o centro de Palermo, vale a pena passar na Calle Serrano 2135, onde viveu Jorge Luis Borges durante sua infância até adolescência.

Casa onde viveu Borges, Palermo, Buenos Aires

Casa onde viveu Borges, Palermo, Buenos Aires

Me impressiona que não tenha virado uma casa museu ainda. Pode-se retornar para o ponto central de Palermo, a Plazoleta Cortázar, antigamente chamada de Plaza Serrano, pelas calmas ruas adjacentes. Observando a farta exposição de arte de rua.

Arte de rua em Palermo, Buenos Aires

Arte de rua em Palermo, Buenos Aires

Durante o outono, as ruas ficam tomadas pelas folhas das árvores, o que torna ainda mais agradável o passeio. Inverno em Palermo, Buenos Aires-001

Na área central do bairro de Palermo Viejo estão as lojas de design mais interessantes da cidade. São lojas de decoração, roupas e acessórios, todas com a pegada moderna e cool.

Lojas divertidas em Palermo, Buenos Aires

Lojas divertidas em Palermo, Buenos Aires

Uma parada obrigatória para mim é a Saboneteria Sabater Hnos, Calle Gurruchaga 1821, onde também existem mais lojas de outlet, entre outras lojas tão interessantes quanto esta. São sabonetes de todas as cores, formatos e cheiros, que inebriam o ambiente. Desde os tradicionais morango e limão a outros mais inusitados como manga e chocolate. 

Saboneteria, Palermo, Buenos Aires

Saboneteria, Palermo, Buenos Aires

Alguns sabonetes têm frases provocantes como “quieres banharte conmigo?” Ótimos para se presentear em um souvenir exclusivo e diferente. Após as compras, que tal tomar um café ou uma Quilmes na Plaza Serrano, observando o movimento que começa a crescer a partir das 17h?

Plaza Cortázar, Palermo, Buenos Aires

Plaza Cortázar, Palermo, Buenos Aires

Esta praça é considerada o coração de Palermo e foi homenageada com o nome do escritor Cortázar em 1994, quando do aniversário de 10 anos de sua morte.

Para finalizar a noite um programa que parece sob medida para o turista brasileiro e que eu adorei é o The Argentine Experience. É possível ir à pé da Plaza Cortázar, mas aconselho que o faça com fome e sem ter bebido muito, pois no The Argentine Experience tudo é superlativo.

The Argentine Experience, Palermo, Buenos Aires

The Argentine Experience, Palermo, Buenos Aires

Considerado o segundo melhor restaurante da cidade pelo Tripadvisor, não é necessariamente um restaurante, mas um lugar que aproxima pessoas entre si e da cultura portenha. São duas mesas enormes, nas quais ouvimos, pontualmente a partir das 20h, causos e piadas muito sagazes sobre os costumes argentinos e, especialmente, dos moradores de Buenos Aires.

Nosso grupo 100% brasileiro, The Argentine Experience

Nosso grupo 100% brasileiro, The Argentine Experience, Buenos Aires

Ao chegar, recebemos este avental e um chapéu para todos ficarmos iguais. O clima foi ficando cada vez mais descontraído, com todos conversando e interagindo. Talvez tenha sido o efeito do vinho, talvez a qualidade da conversa, mas os sorrisos indicam como foi legal a experiência.

Coleta das empanadas, The Argentine Experience

Coleta das empanadas, The Argentine Experience

Fizemos nossas próprias empanadas, a minha de queijo, mas também havia recheio de carne. E elas foram assadas e depois nos servidas quentinhas.

Recheios para as empanadas, Buenos Aires

Recheios para as empanadas, Buenos Aires

Estava um pouco apreensiva com o meu prato. O The Argentine Experience é famoso por ser umas das melhores carnes de Buenos Aires, mas como se sairia com um prato vegetariano?

A melhor carne de Buenos Aires - The Argentine Experience

A melhor carne de Buenos Aires – The Argentine Experience

Bastou chegar meu prato para comprovar: Maravilhoso como tudo até então! Na verdade, percebi de todos na mesa uma pontinha de inveja do meu prato, estava lindo! 🙂

Prato Vegetariano, The Argentine Experience

Prato Vegetariano, The Argentine Experience

Terminamos a noite, com um misto de satisfação, um pouco inebriados pelo vinho e muito contentes pelo dia especial que Buenos Aires nos proporcionou.

The Argentine, Buenos Aires

The Argentine Experience, Buenos Aires

¿Quién los ve andar por la ciudad si todos están ciegos?

Ellos se toman de la mano: algo habla

entre sus dedos, lenguas dulces

lamen la húmeda palma, corren por las falanges,

y arriba está la noche llena de ojos.

 

Julio Cortázar, Los Amantes, Algunos pameos e otros prosemas.

Comprei o ingresso em uma promoção do Blog Aires Buenos.

Quer saber mais sobre Buenos Aires, temos mais dicas legais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *