Um dia no centro de San Juan, Porto Rico

Muitas pessoas são apresentadas San Juan por apenas algumas horas, vindo de navios que cobrem o Caribe. Por isso sugerimos um roteiro de um dia inteiro no centro de San Juan, com as atrações históricas mais importantes. A cidade merece dois ou até três dias, mas se tem pouco tempo: vem comigo!

Vista das muralhas que rodeiam quase todo o centro histórico de San Juan, Porto Rico

Vista das muralhas que rodeiam quase todo o centro histórico de San Juan, Porto Rico

A capital de Porto Rico, San Juan, parece a irmã mais velha de Cartagena, na Colômbia. Tipicamente caribenha, o centro histórico encanta com seu casario conservado, fortes imensos e catedrais espanholas. Só que, enquanto Cartagena é pura pimenta, San Juan nos remete a uma piña colada bem gelada, enquanto o cheiro do sal do mar chega ao nariz.

Ruas limpas e calmas de San Juan, Porto Rico

Ruas limpas e calmas de San Juan, Porto Rico

É o trópico sem a nudez da América latina, é um caribe europeu ou americano do norte.

Gostamos muito de Cartagena por sua atmosfera crua e a impressão de que a qualquer momento algo fantástico poderia nos acontecer naquela cidade. Em San Juan, a impressão é exatamente oposta, que passaríamos pela cidade e que tudo continuaria igual, como permaneceu desde 1521, quando o espanhol Ponce de León a fundou.

Gatos e Camaleões próximo à Porta de San Juan

Gatos e Camaleões próximo à Porta de San Juan

Mas não pensem com isso que San Juan é tediosa, ela só é limpa e calma, sólida.

Vale a pena fazer longas caminhadas por suas ruelas, se espantar com a altura e imensidão do Forte Del Morro e tomar uns coquetéis nos vários bares do centro, como na Barrachina, onde a piña colada, mistura de abacaxi, coco e rum, foi criada.

Mojitos, Piñas Coladas e Puerto Rico, de que mais se precisa?

Mojitos, Piñas Coladas e Puerto Rico, de que mais se precisa?

O nosso roteiro começa no Forte São Cristóvão, hoje o menor (várias demolições foram feitas para o crescimento da cidade). Se viajar em abril, vale conferir as simulações de guerra feitas nos fortes, demonstrações de tiro de canhão, artilharia, como uma encenação de quando os espanhóis se defenderam dos ingleses que tentavam invadir a cidade em 1797.

Vista do Castelo de San Cristóvão

Vista do Castelo de San Cristóvão

O Forte ou Castillo de São Cristóvão foi construído entre 1634 e 1783. A sua entrada é uma construção admirável, e, apesar de ser um forte militar, vemos um bonito acabamento nos tetos e as guaritas resistindo à força das ondas. A mais perigosa delas é chamada “garita del diablo” que fica praticamente sobre o mar.

Castelo/ Fortaleza de São Cristóvão, San Juan, Porto Rico

Castelo/ Fortaleza de São Cristóvão, San Juan, Porto Rico

Do forte de São Cristóvão pode-se ir até o Forte Del Morro, porém é um caminho longo pela avenida Norzagaray, cerca de 30 minutos, que em um dia de calor, pode não ser agradável.

Caminho do Castillo de San Cristóvão ao del Morro, San Juan, Porto Rico

Caminho do Castillo de San Cristóvão ao del Morro, San Juan, Porto Rico

Então que tal aproveitar a sombra dos casarios e passear pela arquitetura de San Juan, tombada pelo Patrimônio Cultural da Unesco?

A Praça Colombo está bem perto, com restaurantes e bares por todos os lados e até uma Starbuks. Cristóvão Colombo foi o primeiro navegante português que chegou à Ilha de Porto Rico, por isso sua estátua e o nome da praça.

Em 11 de outubro de 1492, às nove da noite, Cristóvão subiu no mastro principal da Santa Maria, envolveu o braço direito na corda grossa para não perder o equilíbrio e cravou a vista no horizonte escuro. Embora não houvesse lua cheia, a lembrança do sol tenaz da tarde ainda flutuava no ar e lhe permitia ver as aprazíveis ondas do mar. Ali permaneceu quarenta e cinco minutos, sem mexer a cabeça ou fechar os olhos. Alguns tripulantes levantavam a vista receosa de vez em quando, mas não tinham certeza se meditava, orava ou examinava uma e outra vez, como era seu costume, o mesmo ponto do horizonte inacabável.

Luis López Nieves, “O grande segredo de Cristóvão Colombo”, Antologia Pan Americana, Record, 2010.

 

Praça Colombo, San Juan, Porto Rico

Praça Colombo, San Juan, Porto Rico

Da praça Colombo pode-se escolher entre a Calle San Francisco e a Rua Fortaleza, ambas com lojas instaladas no casario, restaurantes e travessas estreitíssimas ligando uma à outra. Nas lojas é possível se comprar prata, rendas, antiguidades… só achei tudo um pouco caro, já que San Juan tem como moeda o dólar americano.

Lojas com o mar ao fundo, assim é o centro de San Juan, Porto Rico

Lojas com o mar ao fundo, assim é o centro de San Juan, Porto Rico

Preferimos seguir pela Calle São Francisco, onde fica a Praça de Armas. Mais acanhada do que outras praças de armas de cidades latinas, porém com uma intensa vida social, vimos senhores jogando xadrez, crianças brincando nas fontes. Em frente está o hotel Four Seasons, que ocupa quase um quarteirão em um bonito prédio histórico.

A movimentada Praça de Armas de San Juan, Porto Rico

A movimentada Praça de Armas de San Juan, Porto Rico

No caminho para a Rua Fortaleza está uma pequena loja perfeita para comprar lembranças originais de Puerto Rico – Mi Pequeño Puerto Rico – como cartões postais pintados à mão pelo artista Nico Thomassin, azulejos com o casario e gatos, já que San Juan ama e cuida de seus gatos de rua (veja aqui).

Arte de rua em San Juan, Porto Rico

Arte de rua em San Juan, Porto Rico

Para abrir o apetite, que tal um Mojito com rum portoriquenho? No bar Leblon Caipirinhas tomamos o melhor mojito da viagem. O rum é levado tão a sério no país que, além de ser a origem de sua marca mais popular – a Bacardi, tem um museu a Casa Bacardi e tours pela cidade provando os melhores drinks feitos com o destilado.

Bar Leblon Caipirinhas, San Juan, Puerto Rico

Bar Leblon Caipirinhas, San Juan, Puerto Rico

O bar fica uma rua muito agradável, com mesas nas calçadas e vista para as muralhas e o mar, logo após a Praça de Armas.

Com fome? Seguindo para a Rua Fortaleza está o restaurante tradicional Barrachina’s, onde também há uma fina loja de souvenires, joias e charutos. Comemos bem lá, eu provei um Mofongo, prato tradicional feito com uma massa de banana verde e frutos do mar e o marido foi de peixe frito, que também estava bom. Para acompanhar a famosa piña colada, que dizem ter sido criada ali.

Mofongo e peixe no Barrachina's, San Juan, Porto Rico

Mofongo e peixe no Barrachina’s, San Juan, Porto Rico

Saindo do Barrachina’s, no quarteirão anterior ao final da rua Fortaleza está o Parque Pigeon’s, um segredo de San Juan, pois não encontramos informações sobre este parque em nenhum guia ou site.

Esculturas no Parque de las Palomas

Esculturas no Parque de las Palomas

Parece que é o local da velha San Juan preferido dos locais, vimos vários com suas crianças comendo algodão doce, passeando e alimentando os pombos, aos montes no local.

Parque Pigeon's ou Parque dos Pombos, San Juan, Porto Rico

Parque Pigeon’s ou Parque dos Pombos, San Juan, Porto Rico

O parque dos pombos oferece uma vista maravilhosa do porto da cidade, além de uma capela ativa, cheia de velas e pedidos.

Vista do Parque Pigeon's, San Juan, Puerto Rico

Vista do Parque Pigeon’s, San Juan, Puerto Rico

Na Calle Santo Cristo, onde fica o parque, também há bares animadíssimos, perfeitos para tomar uma cerveja no meio da rua, fechada para carros.

Rua do Parque das Pombas, San Juan, Porto Rico

Rua do Parque das Pombas, San Juan, Porto Rico

Descendo a Rua Tetuan, ao lado esquerdo da Capela de Santo Cristo está o pedacinho que mais me agradou em San Juan, uma pequena rua muito arborizada em frente a um passeio com bancos, perfeitos para observar o mar e o Paseo de La Princesa, a avenida de pedestres de San Juan. Poderia passar horas ali, mas seguimos em frente afinal tínhamos apenas 02 dias em San Juan.

Ruas estreitas de San Juan, Porto Rico

Ruas estreitas de San Juan, Porto Rico

No Passeio da princesa aos domingos à tarde há uma animada feira com salsa ao vivo, barracas de doces (me acabei nos churros e cocadas :)) e muita gente passeando. Aproveite que já tomou alguns mojitos e piñas coladas e não se acanhe, todos caem na dança!

Feira do Passeio da Princesa, San Juan, Porto Rico

Feira do Passeio da Princesa, San Juan, Porto Rico

A salsa é o ritmo do país e não nos admiramos de conferir os motivos de Tito Puente, Rick Martin, Jennifer Lopez e Marc Anthony serem porto riquenhos, o gingado está por toda parte!

Pracinha no meio do Passeio da Princesa, San Juan, Puerto Rico

Pracinha no meio do Passeio da Princesa, San Juan, Puerto Rico

O Paseo de La Princesa está ao final do longo do muro que cerca San Juan, e tem este nome por ser uma antiga avenida ladeada por lindas lamparinas de ferro. Na ponta do paseo está a Fonte Raízes, que celebra a diversidade multicultural que fundou Porto Rico, com representação dos africanos, indígenas e espanhóis.

Fonte das Raízes, San Juan, Porto Rico

Fonte das Raízes, San Juan, Porto Rico

É possível caminhar ao lado da muralha até a Porta de San Juan e de lá ir até o Castelo de San Felipe Del Morro, também conhecido como El Morro.

Caminho do Passeio da Princesa até a Porta de San Juan, Porto Rico

Caminho do Passeio da Princesa até a Porta de San Juan, Porto Rico

Se é uma aficionada por gatos ou por do sol como eu, pode primeiro seguir pelo lado de fora das muralhas e ver o forte El Morro de baixo (não dá para entrar por lá, pois o acesso estava fechado). Ao longo da muralha há uma colônia de gatos e um por do sol lindíssimo. Olha aqui se não é verdade:

Por do Sol na parte baixa da Fortaleza del Morro, San Juan, Porto Rico

Por do Sol na parte baixa da Fortaleza del Morro, San Juan, Porto Rico

Decidindo subir pela porta da cidade, pode passar pela Praça da Catedral e conferir o lindo hotel do Convento, instalado em um antigo convento (por óbvio) e subir a rua Santo Cristo até as praças São José e Quicentennial, com estátuas e fontes.

Hotel El Convento, Praça da Catedral, San Juan, Puerto Rico

Hotel El Convento, Praça da Catedral, San Juan, Puerto Rico

A rua San Sebastian, em frente à estátua de Ponce de León na praça São José, ferve à noite.

Esculturas da Praça do 5 centenário, San Juan, Porto Rico

Esculturas da Praça do 5 centenário, San Juan, Porto Rico

Um bom lugar para terminar o passeio é a Fortaleza Del Morro e na saída ver o por do sol na grama ao lado, muitos se reúnem ali para encerrar o dia.

Castillo del Morro, San Juan, Puerto Rico

Castillo del Morro, San Juan, Puerto Rico

O Castelo ou Fortaleza Del Morro foi a primeira fortificação de San Juan. Construída em 1533 tinha como objetivo proteger a profunda baia de ataques, principalmente das outras potências imperialistas europeias, como Holanda e Inglaterra. São seis níveis que podemos acessar, mas o último está fechado para acesso pelo forte, apenas pelo lado externo.

Lado externo do Castillo del Morro, San Juan, Porto Rico

Lado externo do Castillo del Morro, San Juan, Porto Rico

San Juan também tem museus, como o recomendado Museo de Arte de Ponce, igrejas espanholas antigas e uma enormidade de lojas e restaurantes para se conhecer. Tem os bairros de praia como Condado com seus cassinos e resortes. No interior de Puerto Rico ainda se pode conhecer o Parque El Yunque com cachoeiras e trilhas, as Cavernas do Rio Camuy, as praias de Vieques e a lindinha Culebra.

Bandeira de Porto Rico e sua arquitetura colonial.

Bandeira de Porto Rico e sua arquitetura colonial.

Só pudemos conhecer o centro de San Juan e Culebra, mas se o querido leitor tiver dicas destes outros lugares ou alguma dúvida, comenta aqui, que vou adorar ouvir!

As muralhas de San Juan, Puerto Rico

As muralhas de San Juan, Puerto Rico

Dica prática – Para seguir este roteiro só precisa de disposição, um calçado confortável, chapéu e óculos de sol, pois os ambientes abertos, como os fortes, podem ser muito quentes pela falta de sombra e vegetação.

Malecon de San Juan, Puerto Rico

Malecon de San Juan, Puerto Rico

Esse passeio, a ser feito caminhando, é bem puxado, é verdade, mas espero que te faça suspirar por San Juan, como fez conosco.

Para ler mais sobre Porto Rico, Culebra e San Juan, clique aqui.

Mapa das principais atrações do centro histórico de San Juan, Porto Rico

 

2 comentários sobre “Um dia no centro de San Juan, Porto Rico

  1. Fran Agnoletto

    O mais dificil será escolher entre Mojito e Pina Colada kkkkk
    Adorei o post!
    Nosso roteiro incluirá o interior do país. Na volta eu prometo contar tudo.

    Beijos,
    Fran @ViagensqueSonhamos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *